sábado, 15 de novembro de 2014

PRONATEC FORMA NOVOS PROFISSIONAIS EM PETROLINA

O diretor do Sest Senat em Petrolina, Marcílio Cavalcanti, durante entrega de certificado aos formandos do Pronatec, no auditório do Senai
O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego – Pronatec, do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, formou mais uma turma, no município de Petrolina.

406 novos técnicos em 15 cursos de capacitação receberam certificados de conclusão, na última quinta-feira (13), em solenidade realizada no auditório do Senai Petrolina,

De acordo com o diretor do Sest Senat Petrolina, Marcílio Cavalcanti, a entidade já contabiliza na região a formação de aproximadamente seis mil novos profissionais do Pronatec, somente em 2014.

quarta-feira, 8 de outubro de 2014

BARNÁ DENUNCIA PRESSÃO DO PREFEITO CONTRA CONTRATADOS DA PREFEITURA: "BOTARAM GENTE ATÉ PARA SE AJOELHAR"

Vereador Barná e a ironia das moções de aplaudo rejeitadas: "Os vereadores desvalorizaram o trabalho dos funcionários, que passaram o dia trabalhando pelo prefeito"
O presidente da Câmara Municipal de Cabrobó, Barná Russo (PSD), acusou o prefeito de Cabrobó, Auricélio Torres (PSB), de pressionar funcionários de cargos comissionados e contratados da prefeitura para votarem nos candidatos da Frente Popular, na eleição ocorrida no último domingo (5)

Durante um duro pronunciamento ontem (7) na sessão ordinária da Câmara, Barná disse que nunca em toda sua vida havia presenciado um clima de tamanha pressão como nesta eleição. "Botaram gente até para se ajoelhar", ironizou.

Ele conta que se encontrou com um contratado da prefeitura às 6h25 da manhã na porta de uma escola esperando a abertura da seção. Ao ser indagado pelo vereador por chegar tão cedo à votação, o funcionário disse que "o prefeito mandou chegar cedo pra votar".

Mas as críticas a Auricélio não pararam por aí. Surpreendendo os colegas vereadores no final da sessão , Barná encontrou outro meio tornar público o "drama" dos contratados e comissionados.

CABROBÓ ONTEM E HOJE: A CONCHA ACÚSTICA

Um mergulho no passado de Cabrobó revela as modificações na paisagem da cidade quando comparamos as imagens de ontem e de hoje. Qual Cabrobó lhe toca mais?

Foto ONTEM: Arquivo pessoal de Francisco Gomes de Andrade.  Foto HOJE: Folha da Cidade

ONTEM, NA DÉCADA DE 1980
Ao lado da então av. Cel. Solônio Soares de Melo foi instalada a tubulação da rede de esgoto que corta a cidade. O terreno baldio servia de passagem para pedestres e descanso de animais, como bois e cabras. O local também era utilizado pelos parques de diversão e circos que chegavam à cidade.

HOJE, EM 2014
O local é bem ocupado pelo prédio da Câmara de Vereadores, a boate Nova Geração e o complexo cultural e de lazer: restaurante Panorâmico, quadra de esporte e concha acústica (que na verdade não é acústica porque lhe falta a cobertura apropriada). A quadra já teve equipamentos para exercícios físicos e dois refletores, mas esses objetos foram depredados ao longo dos anos e nunca mais repostos. Hoje, serve para palcos de festas da prefeitura. A a concha, apesar de atender às demandas, teve a infelicidade de receber uma pintura inapropriada e de extremo mau gosto, totalmente desconexada com o projeto original.

terça-feira, 7 de outubro de 2014

QUADRA DE ESPORTE DA SUBESTAÇÃO EM ESTADO PRECÁRIO



A única quadra de esportes do bairro da Subestação pede socorro. O local está  com a maioria das instalações em estado precário e não tem manutenção.

Os problemas começam por cima, com um buraco de mais de cinco metros no teto. O oco podee pode ser avistado de longe.

Moradores relatam que desde o início do ano passado o local não tinha iluminação, devido à falta do transformador de energia elétrica.

O problema foi resolvido recentemente, mas causou muitos transtornos ao usuários pelo tempo que o prédio passou às escuras. A reinstalação do transformador só aconteceu depois de muita reclamação.

O vereador Paulo Gonçalves (PT) havia feito várias requerimentos à prefeitura prefeitura solicitando providências, mas não obtinha resposta.

Há muitos problemas na quadra.  Um deles é a falta de água,  pois não há encanação para abastecimento.

segunda-feira, 6 de outubro de 2014

CABROBÓ ONTEM E HOJE: PRAÇA JOSÉ CALDAS CAVALCANTI

Um mergulho num passado não muito distante de Cabrobó revela as modificações na paisagem da cidade quando comparadas as imagens de ontem e de hoje. As fotos de ontem pertencem ao acervo particular do cabroboense Francisco Gomes Andrade e estão também disponíveis em suas páginas do Facebook. A Folha da Cidade reproduz aqui a matéria publicada em sua edição de atual (número 58), Acompanhe esta viagem.
ONTEM, NA DÉCADA DE 1970
A praça José Caldas Cavalcanti tinha outra arquitetura e as castanholas ainda estavam em fase de crescimento. Ao fundo, o imponente chalé, que ainda funcionava como residência, com um lindo jardim do lado. Cinco janelões ficavam na frente da casa, que era voltada para a praça, apesar da porta de entrada ser localizada na parte lateral da residência.

HOJE, SETEMBRO DE 2014
O Chalé, que no final da década de 1980 virou pontos comerciais, continua com a estrutura externa imponente, mas sofreu intervenções arquitetônicas no seu interior e na parte lateral, principalmente com a criação de portas para os bares. A recente pintura azul é uma das mais bonitas de toda a história do prédio e renovou a boa aparência do chalé.

PERSONAGENS DE CABROBÓ: PASTOR CAMILO E SEU LEGADO DE EDUCAÇÃO E FÉ


João Camilo dos Santos, mais conhecido como Pastor Camilo, fez história em Cabrobo. Segundo filho de Antônio Roberto dos Santos e Francilina Orminda dos Santos, o mais conhecido pastor da I Igreja Batista de Cabrobó nasceu em Piaçabuçu (AL), em 23 de junho de 1909.  Sapateiro e sacristão católico, converteu-se para a igreja Batista aos 20 anos, através do missionário John Mein. A partir dai, começou seus trabalho de evangelização, percorrendo os municípios de Quebrângulo (AL), Penedo (AL) e Neopólis (SE). Neste útimo, contruiu um templo.

Em 1939, Camilo casou-se com Eunice Dias Sales, que lhe deu os filhos Eliel (in memoriam), Eliad, Ebis, Eder (in memoriam), Eder, Eliam e Elioenai.

Em 1948, foi estudar teologia em Recife, como missionário da Igreja Batista do bairo da Torre. Na época, atendia aos municípios de Limoeiro (PE) e São Lourenço da Mata (PE). Camilo dizia que as dificuldades para estudar e criar os filhos eram tantas que ele não comia o pão servido no seminário, preferindo juntar o alimento e levá-lo para casa no final de semana. O sacrificio valeu-lhe a formatura de pastor, em 1952.

Dois anos depois, ele aportaria em Cabrobo, assumindo o pastorado da Igreja Batista local e de Espinheiro, em Abaré (BA).

A época era de muita discriminação contra os crentes, mas Camilo tinha uma visão além do seu tempo, e logo fez amizade com a população católica de Cabrobó. Os Padre Cizenando e, posteriormente, o Pedro Knappe eram seus amigos, inclusive frequentavam suas casas. Este exemplo evitou conflitos entre religiosos e revelou as qualidades do pastor, que sempre se posicionava contra disputas religiosas, preconceito de raça ou de classe social. 

Como era muito pobre, o missionário enfrentava sacrifícios, andando a pé, de canoa ou de jumento, para atender quase toda a região sertaneja do Vale do São Francisco de Pernambuco e da Bahia, além dos sertões do Araripe, do Pajeú/Moxotó e do Agreste de Pernambuco.


domingo, 5 de outubro de 2014

QUEM SAIRÁ FORTALECIDO PARA 2016? EUDES OU AURICÉLIO?

Esta será a primeira disputa eleitoral entre Eudes e Auricélio, depois do racha de 2013

Em lados opostos, Eudes e Auricélio disputam hoje uma prévia de 2016.

Eles precisam mostrar quem é mais forte em Cabrobó para que sejam feitas as articulações que definirão os nomes para a disputa da prefeitura em 2016.

E não basta observar os resultados das votações de presidente, governador e senador. O que contará serão os desempenhos dos deputados apoiados por eles.

Serão esses votos que irão “dar moral” para que sejam apontados os futuros candidatos a prefeito.

Os candidatos a deputado que recebem o maior número de apoio de políticos com mandato em Cabrobó são João Fernando Coutinho (PSB), com sete apoios; Adalberto Cavalcanti (PTB), com cinco; Lucas Ramos (PSB), com seis apoios e Rodrigo Novaes (PSD), com quatro.

Os três primeiros são representados pelas duas maiores forças políticas do município: o prefeito Auricélio Torres (PSB) e o ex-prefeito Eudes Caldas (PTB). Naturalmente, esses nomes deverão receber maior atenção na hora da contagem dos votos.

sábado, 4 de outubro de 2014

PESQUISA SENSUS/ISTOÉ: MARINA E AÉCIO TECNICAMENTE EMPATADOS


Por Alexandre Caverni (Reuters) 

SÃO PAULO - Pesquisa Sensus divulgada nesta sexta-feira mostrou empate técnico entre Marina Silva (PSB) e Aécio Neves (PSDB) na disputa pelo segundo lugar na corrida presidencial, que tem como líder folgada a presidente Dilma Rousseff (PT).

Dilma foi a 37,3 por cento das intenções de voto para o primeiro turno, ante 35,1 por cento no levantamento anterior, Marina recuou a 22,5 por cento, ante 25 por cento, enquanto Aécio oscilou a 20,6 por cento, ante 20,7 por cento. A margem de erro da pesquisa é de 2,2 pontos percentuais.

Em simulação de segundo turno, Dilma tem 44,0 por cento e Marina 37,6 por cento --na anterior o placar era 40,5 a 40,4 por cento.

Quando o confronto é entre Dilma e Aécio, a petista também vence: 45,8 a 36,9 por cento --na pesquisa anterior a petista derrotava o tucano por um placar mais apertado, 43,4 a 38,2 por cento.

segunda-feira, 8 de setembro de 2014

HOMENAGENS A ARIANO SUASSUNA E EDUARDO CAMPOS MARCAM DESFILE DO 7 DE SETEMBRO EM CABROBÓ


Por Magnólia Costa, da Ascom/Prefeitura de Cabrobó

No tradicional desfile do 7 de Setembro, estudantes de Cabrobó foram às ruas para apresentar ao público temas variados ligados à cultura, educação, saúde, esporte, entre outros.

Além de temas já conhecidos, o evento deste ano também contou com homenagens a dois nomes bem conhecidos dos pernambucanos: O dramaturgo, Ariano Suassuna e o ex-governador, Eduardo Campos, ambos falecidos recentemente.

Centenas de estudantes da rede municipal, estadual e de escolas particulares tomaram conta da Avenida Principal da cidade onde realizaram várias apresentações culturais. Durante o desfile, estudantes carregaram uma faixa em homenagem a Eduardo Campos.

Já a homenagem a Ariano Suassuna veio por meio de estudantes da Escola de Referência José Caldas Cavalcanti que representaram alguns personagens famosos do dramaturgo.

quarta-feira, 3 de setembro de 2014

ODACY REPUDIA BOATOS E REAFIRMA COMPROMISSO COM ADALBERTO: “SERÁ UM DOS DEPUTADOS MAIS VOTADOS EM PETROLINA"


O deputado estadual e candidato à reeleição, Odacy Amorim (PT), repudiou a veiculação de notícias que colocam em dúvida o seu compromisso assumido com a candidatura a deputado federal Adalberto Cavalcanti, do PTB.

Para Odacy, são boatos de coligações de candidatos. "Parece que já estão desesperados, vendo a derrota cada vez mais próxima, e ai se valem de uma boataria para tentar uma sobrevida", afirmou.

O deputado disse ainda que está "vacinado" contra este tipo de comportamento em eleição. Ao reiterar a sua parceria política com Adalberto, o deputado petista fez questão de acrescentar que fará do do petebista "um dos candidatos com maior votação para a Câmara Federal que Petrolina já teve."

O QUE EXPLICA A OBSESSÃO DE MALAFAIA E DA DIREITA RELIGIOSA COM OS HOMOSSEXUAIS?


Por Kiko Nogueira, no DCM

Silas Malafaia declarou seu voto em Marina num eventual segundo turno. Há dias, ele “denunciou” nas redes sociais a abordagem da questão LGBT no programa da candidata do PSB.

Causou rebuliço. Em menos de 24 horas, Marina mudou o texto, alegando “erro da coordenação”, para júbilo do pastor e de suas ovelhas. “Claro que apoio Marina. Depois que o ativismo gay retirou apoio a ela, vou de cabeça”, disse à Folha.

A motivação política de Malafaia está sempre ligada à sua obsessão pelos homossexuais (e, em segundo plano, pelo aborto). É uma briga antiga. Em 2012, apoiou Serra para a prefeitura em São Paulo porque não podia deixar que Haddad, “autor do kit gay”, fosse eleito.

De cada dez frases histéricas, onze falam em homossexualidade, doze são para atacar ativistas LGBT ou algo que o valha. É sua bandeira, sua razão de vida, seu evangelho.

Malafaia, porém, não está sozinho. Esta se tornou uma questão central para evangélicos fundamentalistas no mundo todo. (A própria Marina, assembleísta, fica visivelmente constrangida quando encara o assunto. No Jornal da Globo, depois de muita insistência, declarou que casamento é como está na Constituição, “apenas para pessoas de sexo diferente”.)

O RACISMO VAI MUITO ALÉM DOS ESTÁDIOS DE FUTEBOL


Futebol, racismo e o mito da "democracia racial"
Negros e mestiços estão sub-representados na estrutura de poder do futebol, dominada por uma elite branca, afirma estudioso. Esporte tem uma tradição racista no Brasil.

DW

Um novo caso de racismo no futebol brasileiro reacendeu o debate sobre a discriminação racial nesse esporte, visto por muitos como um espaço de igualdade e inclusão – por reunir milhares de pessoas em torno de um mesmo símbolo, o time –, mas que, às vezes, parece reforçar diferenças e preconceitos.

Durante uma partida da Copa do Brasil, na quinta-feira passada (28/08), em Porto Alegre, torcedores do Grêmio xingaram o goleiro Aranha, do Santos, com palavrões de cunho racial. O jogador foi chamado de "macaco" e "preto fedido" por alguns gremistas.

Aos 42 minutos do segundo tempo, Aranha reclamou com o árbitro Wilton Pereira Sampaio sobre as agressões. O juiz, porém, mandou a partida seguir. Na sexta-feira, o goleiro registrou boletim de ocorrência em Porto Alegre, afirmando que quatro pessoas estavam envolvidas nos xingamentos.

Para o historiador Luiz Carlos Ribeiro, da Universidade Federal do Paraná, o ato de torcer em meio a uma multidão faz com que sentimentos que são controlados no convívio social cotidiano acabem expostos. Assim, o racismo presente na sociedade acaba aparecendo nos gramados.

AÉCIO ACUSA MARINA DE PLAGIAR GESTÃO DE FHC


Por Brasil 247 

O candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves, acusou de cópia parte do programa de governo da candidata do PSB, Marina Silva, referente a direitos humanos, que seriam iguais ao Plano Nacional de Direitos Humanos elaborado em 2002 pelo governo de Fernando Henrique Cardoso.

"É uma cópia fiel do PNDH... apresentado pela Secretaria de Direitos Humanos em 2002... não se teve sequer o cuidado de alterar palavras", acusou o candidato. "Isso é apenas mais uma sinalização do improviso, e da enorme contradição que ronda essa candidatura".

É a segunda vez que o programa de governo de Marina provoca controvérsias. No último sábado, um dia após a divulgação do documento, o PSB divulgou alterações no texto referentes a direitos de LGBT e sobre energia nuclear. Segundo a candidata, que classificou o incidente como "um erro de processo", as mudanças foram feitas para deixar o texto como "havia sido acordado".

Confira os quatro pontos copiados:

- Incentivar projetos voltados para a criação de serviços de juizados itinerantes, com a participação de juízes, promotores e defensores públicos, especialmente nas regiões mais distantes dos centros urbanos, para ampliar o acesso à Justiça.

- Apoiar a adoção, pelo poder público e pela iniciativa privada, de políticas de ação afirmativa como forma de combater a desigualdade.

VEJA COMO PARTICIPAR DO CURSO DA EMBRAPA SOBRE PRODUÇÃO INTEGRADA DE UVA


Por Gilberto Pires, da Embrapa

A Embrapa Semiárido realizará, no período de 03 a 05 de setembro 2014, mais uma edição do curso Produção Integrada de Uva, sob a coordenação do pesquisador José Eudes de Morais Oliveira.

O objetivo é atender as solicitações de algumas empresas, que pretendem capacitar seus técnicos em Produção Integrada de Uvas, em decorrência da necessidade de certificação de suas áreas nesse e de outros sistemas de produção.

O treinamento de PI Uva será ministrado no  período de 03 a 05 de setembro de 2014, no Escritório de Apoio da Embrapa Semiárido (parte teórica), localizado no Centro de Convenções Senador Nilo Coelho, das 07h30 às 12h e das 13h30 às 17h30. A parte prática será efetivada em campo, local ainda a ser definido, das 07h30 às 12 horas.


EXPOSIÇÃO COMEMORA QUATRO ANOS DO GRUPO JORNADAS FOTOGRÁFICAS DO VALE DO SÃO FRANCISCO


Por Carlos Laerte

O prédio da reitoria da Univasf, em Petrolina – PE, vai abrigar, de 4 de setembro a 4 de outubro,  a exposição “Riso a cavalo e galope do sonho”, que reúne 36 fotografias do grupo Jornadas Fotográficas do Vale do São Francisco.

A mostra comemorativa aos quatro anos deste grupo, que produz ensaios sobre eventos e locais de interesse histórico, artístico e cultural, é uma homenagem ao escritor e dramaturgo Ariano Suassuna, falecido no último dia 23 de julho. De acordo com o fundador do grupo, fotógrafo e mestre em sistemas digitais, Marcus Ramos, trata-se de “um recorte da riqueza do Nordeste que se desenvolve em diferentes contextos e conjuga com a diversidade das contradições. É parte do que o Suassuna receitava contra o desespero, a tristeza e a morte”, ressaltou.

Com a visitação gratuita, de segunda a sexta-feira, no horário das 8h às 12h e das 14h às 18h, a exposição promete surpreender o público com imagens que afloram das forças que Suassuna considerava propulsoras da sobrevivência humana. Trata-se de uma contribuição que provoca  múltiplas interpretações da nação brasileira.