quinta-feira, 24 de julho de 2014

O ADEUS AO MESTRE SUASSUNA




Por Zero Hora

A morte de Ariano Suassuna, aos 87 anos, no Recife, priva a sociedade brasileira de um personagem ao mesmo tempo singular e polêmico: escritor, teórico, homem de um nacionalismo apaixonado e de uma aversão epidérmica às influências estrangeiras na cultura nacional. Um escritor de grande ambição artística e de fina e metódica construção literária. E um professor/palestrante tão entusiasmado e hábil em tecer causos que bem poderia ser chamado de "showman" – se esse termo tão estrangeiro não fosse, com certeza, desagradar o próprio Ariano, que certa vez disse, textualmente, em Porto Alegre:

– Para mim essa coisa de Xô era a palavra que a gente usava para espantar galinha.

Pode-se dizer que Ariano Suassuna foi um escritor que teve sua vida – e sua obra, em consequência – drasticamente transformada pela História do Brasil. Ele nasceu em 16 de junho 1927, em Nossa Senhora das Neves, o nome de então da capital da Paraíba, quando seu pai, João Suassuna, era presidente do Estado. Três anos depois, já fora do governo, João foi morto durante as tensões políticas que se seguiram ao assassinato de seu sucessor João Pessoa, em 3 de outubro. O crime, passional, foi usado como estopim político para deflagrar a revolução que levaria Getúlio Vargas ao poder. Por boatos de seu suposto envolvimento na morte de João Pessoa, João Suassuna, de uma fação política oposta à de João Pessoa, foi assassinado no dia 9 de outubro de 1930, no Rio.

Com a morte do patriarca, a família Suassuna se mudou para Taperoá, no Sertão dos Cariris paraibano, em 1933. Ali, o menino Ariano teve contato pela primeira vez com as manifestações tradicionais nordestinas (como cantadores, autos e violeiros) que seriam um dos eixos estruturantes de toda sua obra. Na adolescência, Ariano mudou-se para Recife, capital de Pernambuco, onde completou os estudos secundários e começou a estudar direito. Também foi ali que começou a participar dos primeiros encontros com os círculos artísticos locais. Sua primeira obra, a tragédia Uma Mulher Vestida de Sol, veio a público em 1947, quando o então jovem escritor contava 20 anos. Na peça, já despontavam os elementos que dariam coesão à obra de Suassuna pelas décadas seguintes: o casamento de referências da cultura erudita com as manifestações populares (o romanceiro nordestino, no caso de Uma Mulher Vestida de Sol).


quarta-feira, 23 de julho de 2014

IBOPE: DILMA TEM 38%, AÉCIO 22% E CAMPOS 8%



Por Brasil247

Pesquisa Ibope divulgada nesta terça-feira (22) pelo Jornal Nacional, da TV Globo, mostrou que a presidente Dilma Rousseff, candidata à reeleição pelo PT, tem 38% dos votos. Em segundo lugar aparece o candidato do PSDB a presidente do país, senador Aécio Neves, com 22% das intenções de votos. O ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos, candidato a Presidência pelo PSB, aparece com 8% dos votos. O Pastor Everaldo tem 3%.

No levantamento anterior realizado pelo instituto, em junho, Dilma aparecia com 39%, Aécio com 21% e Campos com 10%. O candidato do PSC, Pastor Everaldo, alcançou 3% das intenções de voto, mesmo percentual do levantamento anterior.

Confira abaixo os números do Ibope, segundo a pesquisa estimulada, em que os nomes de todos os candidatos são apresentados ao eleitor (os candidatos que aparecem com 0% são os que tiveram menos de 1% das menções cada um):

segunda-feira, 21 de julho de 2014

JOÃO PAULO DIZ QUE FERNANDO BEZERRA NÃO CONVENCE OS PERNAMBUCANOS

Credito da foto: Társio Alves

Em entrevista concedida hoje à Rádio JC News, o candidato a senador João Paulo (PT), da coligação Pernambuco Vai Mais Longe, disse que o seu adversário para a vaga do senado, Fernando Bezerra Coelho (PSB), "Não vem convencendo o eleitor pernambucano".

Segundo o petista, FBC tem uma grande rejeição na Região Metropolitana do Recife e tenta criar uma polarização "para ver se começa crescer".

João Paulo disse ainda que está preparado para o debate em todas as áreas. "Neste momento, eu estou organizando minha campanha, minhas equipes e me estruturando no Interior", avisou, destacando que fará uma grande campanha em Petrolina.

NÃO CURTIU O FELIPÃO? QUE TAL O DUNGA?


Nem Tite, nem Murici e muito menos um estrangeiro. O novo técnico da Seleção Brasileira será o ex-volante do tetra de 1994, Dunga.

O ex-jogador, que virou treinador e dirigiu a seleção na Copa de 2010, será mais um gaúcho a comandar a equipe brasileira.

A CBF fará o anuncio amanhã (22), no Rio de Janeiro (antes que se arrependa).

Dunga será o cara que tentará, não se sabe como, salvar a seleção de um outro fracasso na copa de 2016, na Russia.

sexta-feira, 18 de julho de 2014

PRIMA DE EDUARDO CAMPOS DECIDE APOIAR REELEIÇÃO DE DILMA

Foto: RadioJCNews
Publicado originalmente no Pernambuco 247

A vereadora do Recife Marília Arraes (PSB) anunciou apoio à reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT) e ao senador Armando Monteiro neto (PTB), postulante ao Governo de Pernambuco. A situação não teria nada demais se não fosse por um detalhe. Marília é prima do ex-governador e presidenciável Eduardo Campos (PSB). Embora ainda permaneça na legenda socialista, a vereadora não poupou críticas a direção do partido e disse não "ter medo de cara feia" e que também não teme retaliações. Ela também criticou o discurso da nova política adota por Campos e condenou a sua candidatura à Presidência da República. "Não acho que a candidatura de Eduardo Campos seja a melhor para o Brasil", disparou.

"Não sei como Eduardo vai explicar a população que o projeto que Lula defende não é o melhor para o Brasil", disse Marília em uma entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira (18). Segundo ela, as críticas feitas por Campos contra o governo da presidente Dilma "são infundadas". Para a vereadora "o PSB passou do limite da coerência", no que diz respeito à política de alianças e que não irá apoiar a candidatura do ex-secretário da Fazenda Paulo Câmara a Governo do Estado porque "os critérios usados para se escolher o governador nunca se viram". Para ela, a escolha de Paulo Câmara para ser o candidato da Frente Popular aconteceu de maneira biônica.

Marília também bateu forte contra o discurso da nova política pregado por Campos. Segundo ela, na realidade, o que vem sendo praticado "é uma política mais velha do que a que se fazia no tempo de Miguel Arraes", disse referindo-se ao avô. O desconforto de Marília já vem de algum tempo. Desde o anúncio de que Paulo Câmara havia sido o escolhido para disputar o Palácio do Campo das Princesas, ela já havia externado a sua posição contrária aos critérios empregados na decisão.

NOVA DECISÃO DO TCE APROVA CONTAS DO EX-PREFEITO EUDES CALDAS


Um novo fato deve mudar o rumo da política de Cabrobó para o ano de 2016.

O Tribunal de Contas do Estado (TCE), que em 2013 havia julgado irregulares as contas do exercício de 2010 do então prefeito Eudes Caldas (PTB) na prefeitura de Cabrobó, aceitou o recurso impetrado pelo petebista e mudou a decisão.

Com o novo julgamento, ocorrido na última terça-feira (15), as contas foram consideradas regulares. A decisão da Segunda Câmara da Corte seguiu o voto da conselheira Alda Magalhães, relatora do processo.

Isso implica na nulidade da votação da Câmara de Vereadores, que em 2013 reprovou as contas de Caldas, seguindo o parecer do TCE.

quarta-feira, 16 de julho de 2014

POLÍCIA ERRADICA 48.000 PÉS DE MACONHA EM ILHA DE BELÉM DO SÃO FRANCISCO

Foto: Divulgação PM/PE
Mais de 48 mil pés de maconha foram erradicados e incinerados ontem (15) pela Policia Militar , na Ilha dos Brandões, em Belém do São Francisco, durante a operação Crack.

A ação contou com 17 policiais, de Pernambuco e da Bahia. Equipes de inteligência haviam feito o levantamento das informações sobre a localização das plantações.

Segundo a PM, foram encontrados também oito quilos de maconha pronta para consumo.

PROJETO DE JOÃO PAULO TRANSFORMA O PROGRAMA MAIS MÉDICOS EM POLÍTICA DE ESTADO


O deputado federal João Paulo (PT) protocolou, nesta terça-feira (15), na Câmara dos Deputados, o Projeto de Lei nº. 7795/2014, que transforma o Programa Mais Médicos, implantado pelo Governo Federal, em Política de Estado, permanecendo assim em futuros governos. O projeto deve ser analisado após o recesso parlamentar.

“Pelo projeto, o Mais Médicos existirá até que já existam suficientes médicos formados em nosso interior e que a quantidade disponível atenda perfeitamente às necessidades de nossa população em todo o território nacional”, justificou o deputado.

O parlamentar destaca a necessidade da criação de cursos de medicina em cidades com mais de 500 mil habitantes interior do país e, depois, em cidades com mais de 100 mil habitantes com o objetivo de dar oportunidade à população que reside no entorno dessas cidades.

UNIDADES DE SAÚDE DA COHAB E SUBESTAÇÃO SÃO REFORMADAS


Foram reinauguradas em cerimônias realizadas no inicio da noite de ontem (15), duas unidades de saúde da família, em Cabrobó.

Os dois prédios, localizados nos bairros Subestação e Cohab, receberam reparos gerais nas paredes, pisos, revestimentos externos, portas, telhados, janelas, alem de manutenção nos sistemas hidráulico e elétrico.

A obra foi possível graças a parceria da prefeitura de Cabrobó com o governo federal, através do ministério da Saúde (programa de Requalificação UBS).

segunda-feira, 14 de julho de 2014

COPA NO BRASIL INJETA R$ 30 BILHÕES NA ECONOMIA



Por Brasil 247

A Copa do Mundo no Brasil terminou ontem com sucesso nos gramados e fora de campo com uma estimativa de R$ 30 bilhões que devem ser injetados na economia, segundo a Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas) para o governo. Resultado equivale a cerca de 0,6% do PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro.

A projeção foi feita a partir de um estudo sobre o impacto econômico da Copa das Confederações, realizada em junho de 2013 nas cidades de Brasília, Belo Horizonte, Fortaleza, Recife, Rio de Janeiro e Salvador. De acordo com a pesquisa, o torneio do ano passado adicionou R$ 9,7 bilhões ao PIB brasileiro.

Entre as entidades consultadas pela pesquisa, o banco Itaú prevê que o torneio deve incrementar o PIB entre 1% e 1,5% --efeito que começou em 2011, com o início das obras, que geraram emprego e renda no país. A estimativa é baseada no que ocorreu em outros países que sediaram o evento desde 1982.

sexta-feira, 11 de julho de 2014

HOMEM É PRESO NO CENTRO COMERCIAL DE CABROBÓ APÓS ROUBAR UM BONÉ


Um homem foi preso em flagrante na tarde de ontem (10) por policiais militares, no centro de Cabrobó, apos roubar um boné de uma loja de roupas.

Segundo a policia, ele praticava furtos nos estabelecimentos comerciais da cidade.

O homem foi levado a delegacia policia civil, conforme o boletim de ocorrência nº 803/2014.

PREFEITO AURICELIO OPTA POR LUCAS RAMOS PARA SUBSTITUIR PIMENTEL

Credito da foto: Blog Vinicius de Santanna
O prefeito de Cabrobó, Auricelio Torres decidiu apoiar, para deputado estadual, o empresario Lucas Ramos (PSB), filho do conselheiro do TCE Ranilson Ramos.

Quem ocupava esse lugar era o deputado Raimundo Pimentel (PSB), mas ele resolveu mudar de lado e abraçar a coligação Pernambuco Vai Mais Longe, do candidato a governador Armando Monteiro (PTB).

Ao mudar de lado, Pimentel desistiu da própria candidatura. Ele apresentou o nome da sua esposa Socorro Pimentel (PSL) para tentar uma vaga na Assembleia Legislativa.

A decisão encerra uma parceria do parlamentar com o prefeito. Os dois marcharão em direções opostas a partir desta eleição.

Segundo Auricelio, a decisão de apoiar Lucas Ramos foi tomada em conversa com Marcos de Neuma (PSB), Neguinho Truká (PSD), Avanildo Barros(PP) e Zezito Salú(PR). Os quatro são vereadores da sua base aliada e apoiam seus candidatos.


quarta-feira, 9 de julho de 2014

O QUE O BRASIL TEM QUE FAZER PARA SALVAR O SEU FUTEBOL



Por Paulo Nogueira, editor do DCM

Palavras de consolação, numa hora dessas, lembram o clássico “ele está num lugar melhor do que esse” num funeral.

Passemos, portanto, desta etapa.

Isto posto, duas coisas merecem consideração. A primeira são as palavras do brasilianista americano Peter Hakim, entrevistado pela BBC Brasil.

Hakim fez o ponto essencial: uma coisa é a derrota no campo, para a qual nos próximos cem anos os experts procurarão, inutilmente, explicações.

Outra coisa, muito mais importante, é fora do campo. Os brasileiros, contra obsessivos prognósticos da imprensa, provaram ser capazes de organizar um evento da magnitude de uma Copa.

Todas as coisas pesadas, o saldo da Copa é imensamente positivo. Ter ou não o melhor futebol do mundo num determinado momento é irrelevante perto da constatação de que somos um país competente – e apaixonante, como mostraram turistas e jogadores de múltiplas nacionalidades que fizeram a Copa de 2014 ser a festa que foi.


PAULO CÂMARA DIZ QUE RAIMUNDO PIMENTEL "VAI SE ARREPENDER"


Deu no blog do Inaldo Sampaio.

O candidato do PSB ao Governo do Estado, Paulo Câmara, disse ontem que o deputado estadual Raimundo Pimentel “vai se arrepender” por ter trocado o palanque dele pelo do senador Armando Monteiro (PTB).

“Ele (Pimentel) nunca participou de eventos com a gente. Era esperada a saída dele e nós respeitamos, mas ele vai se arrepender”, disse o candidato do PSB.

Pimentel rompeu anteontem com o PSB e levou consigo para o palanque do petebista cinco dos 15 vereadores.


terça-feira, 8 de julho de 2014

FELIPÃO PEDE DESCULPAS E DIZ QUE É O RESPONSÁVEL PELA TRÁGICA DERROTA



Publicado no Brasil 247

Na entrevista coletiva ao final do jogo, o técnico Luiz Felipe Scolari pediu desculpas ao povo brasileiro pela humilhante derrota sofrida para os alemães no Mineirão, por 7 a 1. "Peço desculpas porque infelizmente não conseguimos realizar o sonho de chegar a uma final", afirmou.

Ao ser perguntado sobre a responsabilidade pela derrota, a maior do Brasil em 100 anos, ele não fugiu da raia. "Quem convoca? Quem escala? Quem faz as escolhas táticas? Evidentemente, o responsável sou eu".

Felipão também foi questionado sobre uma eventual dívida com o torcedor brasileiro. "Não tenho dívida alguma. Fiz meu trabalho, como sempre faço". No entanto, ele se negou a responder uma questão sobre eventual saída da seleção brasileira. "Isso não é assunto para mim".

O técnico disse ainda que o time sofreu uma pane após sofrer o primeiro gol. "Mas isso aconteceu também em função da qualidade da equipe alemã".